November 1, 2019

August 25, 2019

Please reload

Posts Recentes

60 perguntas sobre o Terço dos Homens

November 1, 2019

1/2
Please reload

Posts Em Destaque

O Terço dos Homens e a vida de oração

September 25, 2019

 

 

Uma corrente que não para

 

Pe. Marcelo Aravena – Na oração do Terço dos Homens Mãe Rainha oramos permanentemente: “Com o Terço na mão, peregrinamos com alegria ao teu Santuário…” Sem dúvida, esta frase marca fortemente o desejo de um encontro com Deus e com a nossa Mãe por parte daqueles que pertencem a um grupo do THMR. Todas as semanas eles vão em peregrinação aos seus lugares de oração como se fossem impelidos por uma força misteriosa a rezar, a escutar a Palavra de Deus, a meditá-la e a partilhar com os membros do grupo. É algo que acontece como uma bênção e como uma renovação espiritual que dá energia para continuar a jornada de cada dia.

 

Homens que se reúnem para rezar: isso talvez não seja muito comum. Homens que se reúnem para rezar o Terço, escutar o Evangelho e dele extrair um ensinamento para a vida: talvez isso seja ainda menos comum. Mas, segundo os nossos cadastros, esse evento acontece em centenas de lugares: nos Santuários de Schoenstatt, nas paróquias, capelas, ermidas e Santuários Lares, tanto na cidade como nas zonas rurais e distantes. É como uma corrente, como um fenômeno religioso estendido de grande importância, que não para.

 

Pela oração o homem se torna filial

 

Além de admirável, este fato nos faz pensar que o homem está em busca de Deus, que precisa de um lugar para abrir seu coração à graça divina, que deseja expressar-se na oração do santo rosário e aceitar a ternura da Mãe do Senhor.

 

Na oração do Terço e na contemplação dos mistérios é como se o homem duro, ou aquele mais insensível às coisas da fé, se tornasse criança, filial, dependente, necessitado e procurasse amor, ternura, apoio e fortalecimento para seu espírito e para seu ser.

 

Essa realidade acaba com o preconceito de que o homem não reza ou que não tem fácil acesso ao religioso ou, pior ainda, que reza apenas por necessidade e apenas para pedir um favor ou um “milagre” ao Senhor Todo-Poderoso.

 

O terço nos ensina a viver

 

A rotina semanal do THMR mostra que o varão desenvolve uma experiência religiosa profunda, estável e forte ao longo do tempo. Isto é reforçado pelos numerosos testemunhos de mudança de vida, de escalas de valores e prioridades. Em segundo plano, a experiência, em qualquer grupo do Terço dos Homens, mostra conversões reais: retornaram homens desorientados; muitos que estavam longe de Deus reencontram-se na comunidade; homens que não tinham uma frequente vida sacramental se aproximaram da comunhão e da celebração eucarística.

 

Podemos afirmar que o Terço dos Homens Mãe Rainha surge como uma iniciativa que combina organicamente o divino com o humano, para o bem dos sujeitos que realmente interessam aos seus membros, tais como a sua família, o seu trabalho, as suas amizades, a sua situação financeira, a sua saúde, etc. É por isso que é uma grande alegria e conquista que a Conferência Episcopal Brasileira tenha um interesse especial neste apostolado, nomeando um bispo responsável. No último encontro geral do Terço dos Homens (Kairos, 17.02.2019), no centro da Canção Nova, o Bispo Dom Gil Antonio Moreira ponderou muito bem a importância deste trabalho de conversão dos homens:

 

“O Terço dos Homens se transformou em um movimento de evangelização do mundo, do homem no Brasil, e está acabando com esse preconceito de que o homem não reza. Os homens rezam, juntos e unidos, pela sua vida, pela suas famílias, pelas intenções”. E acrescentou: “O terço nos ensina a viver, nos ajuda a estar em sintonia com Deus… confiando nessa oração confiamos em Deus”.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
© 2017 Terço dos Homens Mãe Rainha
  • Flickr Social Icon
  • Instagram ícone social