November 1, 2019

August 25, 2019

Please reload

Posts Recentes

60 perguntas sobre o Terço dos Homens

November 1, 2019

1/2
Please reload

Posts Em Destaque

A força de um símbolo

November 1, 2019

 

 

Com o pedido: “Reze o Terço todos os dias”

 

Pe. Vandemir Jozoé Meister – A foto do carro de um fiel frequentador do Terço dos Homens, na Diocese de Patos/PB ‘viralizou’ nos grupos do Terço dos Homens Brasil afora.

 

A pergunta é: por que se tornou tão notória a foto? Será por ser um fusquinha antigo, ou pela customização com o símbolo do Terço dos Homens Mãe Rainha?

Percebemos que o símbolo tem uma força de comunicação maior do que ele representa em si mesmo.

 

A logomarca do Terço dos Homens pertence primeiramente à categoria dos símbolos. O símbolo é um conjunto de elementos que servem para representar outros. Para compreender uma simbologia é necessário, primeiramente, compreender um símbolo. Existe um ditado popular árabe que assim se expressa: “Se não entende um olhar, muito menos entenderá toda uma explicação”. Faz-se necessário dedicar tempo para criar uma empatia com o símbolo e assim compreender toda sua simbologia. Sem o ‘em pathos’ (paixão com a paixão do símbolo) não compreende-se o significado; e por fim, não compreende-se toda uma explicação.

 

A logomarca do Terço dos Homens

 

A logomarca do Terço dos Homens, símbolo constituído pelo rosário em forma do Brasil, tendo no seu interior a imagem de Nossa Senhora, segurando seu Filho, que nos salva, conhecido na Igreja com o título de Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt, tem uma força visual muito atrativa e cativante. Primeiramente pela força significativa que tem uma mãe segurando seu filho e ambos olhando firmemente para frente, num ato interpelativo para quem os observa. Segundo, pelas cores que ambas as imagens usam. Um menino usando branco, simboliza a inocência, o imaculado, o puro e transparente. O mesmo branco é usado pela mulher com o mesmo sentido, ademais, tem mais duas cores: azul e vermelho. O azul significa tranquilidade, serenidade e harmonia. Simboliza a água, o céu e o infinito. É a cor da realeza. O vermelho significa paixão, energia e excitação. É uma cor quente. O vermelho é a cor do elemento fogo, do sangue e do coração humano. Simboliza a chama que mantém vivo os sentimentos de amor e paixão. Religiosamente falando simboliza o Espírito Santo, como também a cor do sangue derramado pelos mártires.

 

O significado dos símbolos

 

A Mãe e Rainha, com seu filho nos braços, é adornada pelo rosário, tendo a Cruz da Unidade como início e fim do rosário, formando o mapa do Brasil. Isso tem uma força evangelizadora visual de enorme repercussão na alma de quem os observa. Nossa Senhora é cativante e o fiel se aproxima dela denotadamente como filho/a sem questionar-se interiormente pela pertença. Ela acolhe somente com seu olhar penetrante e interpelativo, que em momento algum se desvia do interlocutor, seja onde quer que ele esteja observando-a. Seu olhar singelo atrai os filhos.

Maria não está sozinha, está acompanhado de seu Filho Jesus. Ela apresenta Ele nos braços a todos que dela se aproximam, ou de longe a observam. É para Ele que Ela nos atrai com sua áurea maternal e divina. Deus a fez toda santa, para que por meio de sua cativante santidade nos aproximemos de seu filho Jesus, que nos dá a Santidade na força do Espírito. Visualmente, o pequeno filho que está nos seus braços já é grande para quem com fé o contempla. Este grande homem, Deus, enviado à humanidade se faz pequeno para viver com os homens e presenteá-los a santidade. Este pequeno que vive numa família concreta, num tempo histórico determinado anuncia a mensagem do Reino e quer que todos os homens sejam participantes deste Reino. Ele se fez pequeno para nos tornar grandes. Seu amor imensurável foi tal que aceitou demonstrar seu amor pela humanidade no alto de uma Cruz.

 

A Cruz na ponta do rosário, que é início e fim, é o centro da ação Trinitária na história dos homens. A Cruz da Unidade quer unir os homens à Santíssima Trindade pelo sangue derramado de Cristo no alto do Calvário. Nesta Cruz podemos ver os símbolos de Deus Pai e do Espírito Santo, junto com Cristo sofredor. Maria, a auxiliar de Cristo, está ao lado acompanhando seu Filho no ardente momento da vida. Ela perde o Filho para ganhar a humanidade no alto do Calvário ao lado da Cruz: “Ao ver Sua Mãe e junto d’Ela o discípulo que Ele amava, Jesus disse à sua mãe: “‘Mulher, eis aí o teu filho’. Depois disse ao discípulo: ‘Eis aí a tua Mãe’ (Jo 19, 26-27).

 

Fonte: tercodoshomensbrasil.com

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
© 2017 Terço dos Homens Mãe Rainha
  • Flickr Social Icon
  • Instagram ícone social